Categorias
crônica

Nada a dizer

Há quase um ano não toco as teclas desse miserável computador para escrever qualquer inutilidade que são meus textos. A mente mantêm o seu ritmo de vazio, ausência de desejos e um medo constante de pensar novamente na rua. A rua se tornou uma prisão e a minha casa a liberdade. São os tempos da […]