Categorias
crônica

Sete dias de festa, vida inteira

Semana: o termo corresponde ao período ininterrupto de sete dias. Mas por que cinco dias terminam com “feira”, um sábado e um domingo?

Buscando nas fontes explicativas para as origens dos nomes dos dias das semana encontrei tais definições: feria, no Latim, significava data festiva. Eram nessas ocasiões que as pessoas aproveitavam para fazer negócios (isto é, ir à feira). Daí vem as denominações segunda-feira, terça-feira, e assim por diante, traduzindo para nossa língua portuguesa.

Nem todo dia é dia santo, como diz o provérbio popular. Isso porque feria também significava “que não era dia santo”. Sagrados eram somente o sábado e o domingo.

Sábado, para os cristãos, é o dia que Deus descansou e vem da palavra shabat (descanso, em hebraico). Nesse dia, as pessoas descansavam para, no domingo homenagear a Deus, o Dia do Senhor.

Quem explica essa história é a professora de língua portuguesa Dieli Vesaro Palma, com base no trabalho do professor Evanildo Bechara, segundo matéria publicada no Jornal Estadão.

Viajando no tempo, encontramos a rica e curiosa relação com o Sistema Solar e com divindades mitológicas, que exerciam influência direta sobre os dias da semana.

Dadas as incursões milenares, combinado ao sentido esotérico, temos:

Segunda, Lunes, Monday
Dia da Lua / Máni /Ártemis
A deusa da caça e da castidade, explendida em reflexo de luz natural.

Terça, Martes, Tuesday
Dia de Marte / Tyr / Ares
O deus da guerra, corado de sangue das batalhas pela busca da vitória.

Quarta, Miércoles, Wednesday
Dia de Mercúrio / Odin / Hermes
O supremo mensageiro dos deuses, que se move em grande velocidade em sua trajetória.

Quinta, Jueves, Thursday
Dia de Jupiter / Thor / Zeus
O mais forte, o rei dos deuses com seu potencial de raios e trovões.

Sexta, Viernes, Friday
Dia de Vênus / Frigga / Afrodite
A deusa da beleza, do amor, dotada de brilho e encantamento.

Sábado, Saturday
Dia de Saturno / Kronos
O destemido senhor do tempo, mantenedor do cultivo e colheita.

Domingo, Sunday
Dia do Sol / Skoll / Apolo
O Astro-Rei, destemido guerreiro com poderio de vida, detentor da força maior.

O que podemos aprender com tais analogias é que a cada dia da semana a energia astral nos impõe a parcela de contribuição em fazer com que cada dia haja uma festa no Universo.

Não vamos nos desviar do curso natural porque a esfera celestial depende de nós para coagir, seguindo o ritmo cósmico, tal qual o Criador Supremo assim o quis. 

Que cada dia seja novo, como cada nova semana, sendo para nós, meros seres transeuntes das linhas do tempo, não seja apenas dia de feira, mas também dia de festa, festa da vida, festa de vida inteira.

1 resposta em “Sete dias de festa, vida inteira”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *