Categorias
crônica

Ponto final é o fim da conversa

“Ok.”

“Sim.”

“Entendi.”

Quando recebo mensagens assim, curtas, objetivas e pontuadíssimas, vem-me à cabeça uma baita insegurança. Será que só eu me sinto assim?

Outro dia, estava eu conversando no Whatsapp com uma amiga. Blá-blá-blá conversa-vem conversa-vai e eu escrevo:

“Mari, acho que você podia dar menos bola pro boy. Ele parece estar em outra!”

Um intervalo incômodo. Ela enfim digita:

“Ok.”

Ou então eu conversando com alguém afetivamente importante:

“Bom diaaaa”

“Precisamos conversar.”

O que passaria pela sua cabeça se te enviassem mensagens assim?

A propósito, deveria existir um ponto final maiúsculo. Só para eu me sentir mais inseguro.

A título de ilustração, imaginem algo como:

“Ok PONTO”

“Precisamos conversar PONTO”

Parece que ponto final em conversas no WhatsApp são um atalho para o fim da conversa. Não é mesmo?

Isso sem falar nas reticências. Às vezes, sinto uma ironia impaciente no meu interlocutor que usa esse recurso:

Eu: “Blá-blá-blá conversa-vem conversa-vai, você emagreceu, amigo!”

“Sim…”

Leia-se:

“Sim, é óbvio, todo mundo já reparou, só você que não?”

Pontuação no WhatsApp é algo curioso. Alguém podia fazer um mestrado ou doutorado sobre. (Talvez já exista?!)

O que me lembra o menos frequente porém não inexistente ponto de interrogação junto da exclamação. Ou vice-versa.

Por que alguém escreveria:

“Você não gostou do meu pudim, filho? Ué?!”

Sei lá. Talvez um misto de choque com descrença. Talvez um leve desafio, acompanhado de reclamação. Leia-se:

“Você me disse que não gostou do pudim que eu fiz com todo carinho para você. Como se atreve, filho ingrato?”

Mensagens de texto são coisas curiosas mesmo. Talvez exatamente porque são textos e não imagens, que nos mostram a expressão de quem está conversando com a gente.

Por isso mesmo, nada como um bom olho-no-olho. E ponto.

2 respostas em “Ponto final é o fim da conversa”

Realmente nada substitui o olho no olho. Dentro da comunicação, nós humanos necessitamos todas as formas possíveis de interação, que não são possíveis apenas por meras conversas por mensagem de texto

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *