Categorias
crônica narrativa

— Is this a deal-breaker?

… Ela me perguntou.

Oh God! Claro que não! — eu lhe prometi, ofendido.

E não era mesmo. Esse tal de deal-breaker. Era, na verdade, um deal-killer. Sim, killer. Matador. Era o fim da linha.

Eu fazia o meu doutorado em Nova Iorque. Na capital do mundo, havia de tudo; inclusive, foi lá que conheci essa garota única, cativante e meio maluca, que atendia por Savannah.

Vinda da Califórnia, Savannah era uma americana democrata, formada em Stanford e amante de gatos. Tanto é que tinha um para cada mês do ano. Ou quase.

Eu a conheci em uma das aulas na Universidade de Columbia, a cujo Departamento de Literatura nós éramos estudantes afiliados. Savannah sempre prendia seus cabelos loiros em um coque, que, combinado com seu óculos de armação preta e espessa, dava-lhe um ar de Hermione Granger na faculdade. Savannah se sentava ao meu lado, fazia perguntas inteligentes e, o que era mais importante, sorria para mim em todas as aulas.

Que fique claro nesse ponto que eu não tenho preferência pelo tipo intelectual; gosto, acima de tudo, de mulheres meigas e fortes.

Não gosto, contudo, de gatos.

Foi no dia em que visitei o apartamento de Savannah — no chiquérrimo Upper West Side, vale o registro — que conheci seus onze gatos.

— Espero que você não se incomode com as companhias que teremos hoje — ela deu uma risadinha. Giggle, eu definiria em inglês.

Fiquei atônito. Não sabia o que dizer.

— São… todos seus? — restou-me perguntar, numa quase súplica pela resposta negativa.

Oh, yeah. Why? Is this a deal-breaker? — ela respondeu, oferecendo-me a bendita pergunta em troca.

Oh God! Claro que não! — eu lhe prometi, ofendido. Fuck!, pensei. Merda.Depois daquela visita, Savannah nunca mais sorriu para mim. Ela passou a se sentar no lado oposto da sala de aula e, de quebra, abandonou o coque.

E eu… well… eu continuei desgostando de gatos. E passei a gostar menos ainda de mulheres de coque.

2 respostas em “— Is this a deal-breaker?”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *