Nosso blog

Eu pensei que livros fossem vacina

“Eu pensei que conhecimento era vacina. Contra a intolerância, contra a intransigência, contra a mediocridade. Mas eu estava errada. Eu pensei que livros eram o único tratamento precoce possível. Contra essa ideia de mundo sem contexto, só textos recheados de agressividade. Sem argumento, só grito. Mas eu estava errada. Contra o ódio, me parece agora, a única vacina é mesmo o amor. Daquele tipo que você nunca recebeu. E, à sua maneira, eu sei, tanto tentou me dar. Leia mais

Crônicas

  • Brasileiríssima confusão
    Estávamos na fila de embarque da Rodoviária do Tietê. A mulher da minha frente transbordava perplexidade. — I don’t understand, Robert. Fifteen and fourteen mean the same here in Brazil? Permita-me ativar a tecla SAP. […]
  • Em busca do velho normal
    E lá se foi um ano sem sequer um resfriado vir nos visitar. Nada mesmo foi convidado para entrar em nossa casa durante 2020. E, até onde chegamos, também em 2021. Não é comum para […]
  • Crônica de um amante do jornalismo
    Antes de tudo, quero deixar bem claro que não sou formado em Jornalismo e não exerço a profissão, apenas sou um jovem de 17 anos que descobriu a paixão de sua vida: O jornalismo. Ele […]

Sobre escrita

  • As dicas da autora Caroline Pestana
    Quando entrei em contato com a Caroline Pestana e propus entrevistá-la para essa série de conversas com escritores e escritoras independentes que venho publicando no Escritor Brasileiro, confesso que não conhecia muito de sua trajetória. […]
  • Autoficção
    Sempre que eu digo que trabalho com literatura alguém vem me contar uma história ótima que gostaria de escrever, ou até fazer um filme, para ver se eu acho a ideia boa. O que eu […]
  • Os aprendizados da escritora independente Gabriela Araujo
    “Quando sentir, escreva”, livro de poemas de Gabriela Araujo, foi uma das obras que mais me tocou ano passado. Acredito que muitos escritores (e especialmente escritoras) se sentiriam identificados com a poesia de Gabi pela […]

Regiane Folter entrevista Escritores Independentes

  • As dicas da autora Caroline Pestana
    Quando entrei em contato com a Caroline Pestana e propus entrevistá-la para essa série de conversas com escritores e escritoras independentes que venho publicando no Escritor Brasileiro, confesso que não conhecia muito de sua trajetória. Porém, depois de conversar com a Carol e pesquisar sobre o seu trabalho nas redes, percebi que temos várias coisas […]
  • Os aprendizados da escritora independente Gabriela Araujo
    “Quando sentir, escreva”, livro de poemas de Gabriela Araujo, foi uma das obras que mais me tocou ano passado. Acredito que muitos escritores (e especialmente escritoras) se sentiriam identificados com a poesia de Gabi pela forma como ela descreve a escrita como uma ferramenta para lidar com os mais diversos sentimentos. A poesia não está […]

Resenhas de Livro

Mais recentes

  • Brasileiríssima confusão
    Estávamos na fila de embarque da Rodoviária do Tietê. A mulher da minha frente transbordava perplexidade. — I don’t understand, Robert. Fifteen and fourteen mean the same here in Brazil? Permita-me ativar a tecla SAP. Os meus anos de curso de inglês precisam me servir para algum fim, evidentemente. — Eu não entendo, Robert. Quinze […]
  • As dicas da autora Caroline Pestana
    Quando entrei em contato com a Caroline Pestana e propus entrevistá-la para essa série de conversas com escritores e escritoras independentes que venho publicando no Escritor Brasileiro, confesso que não conhecia muito de sua trajetória. Porém, depois de conversar com a Carol e pesquisar sobre o seu trabalho nas redes, percebi que temos várias coisas […]
  • Em busca do velho normal
    E lá se foi um ano sem sequer um resfriado vir nos visitar. Nada mesmo foi convidado para entrar em nossa casa durante 2020. E, até onde chegamos, também em 2021. Não é comum para crianças de seis anos passarem um ano inteiro sem ver atchim e espirro – que no meu tempo eram palhaços […]
  • NÃO SER, NÃO EXISTIR.
    Abriu os olhos e uma Guernica tamborilava na sua cabeça no auge do bombardeio alemão. Corpos caíam feito chuva de verão nos noticiários diários, atormentando seus dias acordados e há muitos dias também atormentando o seu sono. Em cada morte, ele morria mais um pouco. Se forçou a levantar da cama, apesar das dores em […]
  • Autoficção
    Sempre que eu digo que trabalho com literatura alguém vem me contar uma história ótima que gostaria de escrever, ou até fazer um filme, para ver se eu acho a ideia boa. O que eu sempre respondo, em parte para ser educada, em parte porque acredito mesmo: toda ideia pode virar um bom texto se […]
  • NOSTALGIA
    A noite é pálida sem a vida do universo amostra e um vento fresco balançando as folhas outonais das árvores. O som do rio inunda os ouvidos e os motores ainda triunfam sobre a cidade. Sinto a saudade do que sonhei e não tive, passeando entre minhas lembranças mal arquivadas na memória. Meu cão me […]
  • Crônica de um amante do jornalismo
    Antes de tudo, quero deixar bem claro que não sou formado em Jornalismo e não exerço a profissão, apenas sou um jovem de 17 anos que descobriu a paixão de sua vida: O jornalismo. Ele chegou na minha vida como um trem desgovernado. Depois de um tempo querendo ser advogado (todos cometem erros), o jornalismo […]