Categorias
crônica narrativa

Nam-myoho-renge-kyo

– Posso falar com você? Eu não sou ladrão. – Diga. – Olha só. Meu nome é William, moro ali no Alemão. Tenho 8 irmãos e minha mãe. Nunca conheci meu pai. A gente está com comida em casa, mas sem o botijão de gás, que agora custa mais de 100 reais. – Eu sei, […]

Categorias
crônica

Medo de ficar só

Aprendi a ficar só. Não é fácil. Acredito que todo momento de solidão lembra o parto. Aquela hora em que a gente vai sair do conforto para a luz. Aquela hora em que a gente vai cortar o cordão e começar a fazer força para engolir. Aquela hora em que a fragilidade de se tornar a única companhia […]

Categorias
crônica

O valor, o preço, o custo e o soldo

Certa vez, ainda criança, passei por uma experiência de grande ensinamento. Sentada à beira da calçada, em frente ao prédio de classe média onde cresci, assisti ao carro do lixo chegar. Assisti com os olhos e o nariz, muito empinadinho por sinal. O cheiro desagradável exalava e a criança mimada que fui não se constrangeu […]

Categorias
crônica

Sem surpresas

Para quem está realmente presente e atento, um relacionamento não traz mirabolantes surpresas – exceto catástrofes acima de qualquer imaginação, mas que não cabem na construção deste argumento. A gente pode até não gostar do desenrolar dos fatos, mas ser surpreendido por eles é muito difícil. Não acredito em “mas estava tudo ótimo, não entendo […]

Categorias
crônica

O abismo

Dizer que somos o país mais desigual do mundo não carrega a força da realidade. Não somos uma sociedade apenas desigual. Temos um abismo em nosso centro. Somos um abismo. E nele caímos, dia após dia, num sem fundo sem fim. Você tem usado o serviço Uber? Você conversa com os motoristas que lhe prestam […]

Categorias
crônica

Pandemia e Privilégios

Sim, sou privilegiada.  É verdade. Eu tenho teto e comida. Eu tenho família. Eu tenho estabilidade financeira (será?). A minha atividade laboral permite home office. E, se tudo isso der errado, eu tenho crédito no banco e carga de estudo que me permite começar tudo de novo. É verdade também que, um pouco pela tal […]

Categorias
narrativa

Não era para ser assim, tanto e tão pouco

Não tem amor que resista a tanto. É como cuidar de planta, sabe? Não pode ser pouca, nem muita água. Algumas gostam bastante de sol, outras de sombra. Mas para tudo há a medida certa. Ou há a morte certa. É assim que funciona, Maria. Amor é jardim. A gente se apaixonou três meses antes […]

Categorias
crônica

Em busca do velho normal

E lá se foi um ano sem sequer um resfriado vir nos visitar. Nada mesmo foi convidado para entrar em nossa casa durante 2020. E, até onde chegamos, também em 2021. Não é comum para crianças de seis anos passarem um ano inteiro sem ver atchim e espirro – que no meu tempo eram palhaços […]

Categorias
crônica

Eu pensei que livros fossem vacina

Hoje eu soube que você morreu. Eram 9 horas quando o primeiro amigo em comum me procurou perguntando:  Você ainda fala com o ele?  Não.  Nossa convivência se encerrou há 20 anos. Um relacionamento amoroso, raivoso, intenso, jovem, vivo. Brutal e honesto. Há dez anos, mais? ou menos?, trocamos nossas últimas palavras. Amenas e amigáveis.  Vejo como […]